«

»

jun 30

Ufologia e UFOLATRIA

image"Ufolatria" é um termo utilizado para especificar um indivíduo que faz da ufologia uma forma de crença e não um estudo sério.

Um estudo sério se baseia na busca de fatos e comprovações, que nem sempre são encontrados mas não minimizam a intensão da continuidade da busca.

A UFOLOGIA, em geral, é composta de vários seguimentos que tentam explicar um fenômeno e pelo qual ainda não existem explicações.

Dentro das ramificações da ufologia, existem as que buscam provar todos os fenômenos como algo de origem extraterrestre, sem dúvida a de maior numero de seguidores, existem as que buscam provas de visitantes do futuro, mas terrícolas. Aqui é a que eu gosto mais.

Preguiça de ler? Então ouça!

Existem ramificações com ideias espirituais e transcendentes e existe a ramificação ufológica que busca respostas na própria natureza. Esta última busca proporcionar respostas ao fenômeno de forma explicáveis através de fenômenos naturais conhecidos e de outros ainda não conhecidos.

O termo UFOLOGIA é aplicado de forma genérico, o que causa certa confusão, mas a etimologia da palavra é clara, LOGIA significa ESTUDOS e UFO ou OVNI em português significa, OBJETO VOADOR NÃO IDENTIFICADO.

Eu bato na tecla que este nome está errado e não deveria ser mais utilizado, justamente por ser genérico e atrair todo tipo de pessoas e pensamentos.

Ser ufólogo é fácil, bastando se declarar como tal, mas ser uma pessoa séria e que busca resposta de verdade, isso sim é algo difícil e nem sempre alcançável.

Por isto o estudo não deveria se chamar UFOLOGIA e sim ESTUDOS DE FENÔMENOS AERO ESPACIAIS.

Um exemplo, dentro da ufologia, que existem estudos por exemplo de pedras monolíticas e tais pedras não são Objetos Voadores não Identificados. A este ramo deve-se colocar outro nome, mesmo que o pesquisador de tais artefatos acredite serem eles criados ou ensinados por seres de outros mundos.

Uma pessoa pode acreditar em vida extraterrestre e no entanto não ser ufólogo e nem acreditar na ufologia, como por exemplo muitos astrônomos e cientistas que creem na vida extraterrestre. Mesmo que esta seja bacteriana.

E é muito provável a existência de vida em outros lugares.

Já a vida inteligente, este é um pouco mais complicado, pois não há nenhuma só comprovação científica de sua existência, por mais que tentem pregar a ocultação destes fatos.

Mas existe sim a possibilidade inclusive é uma possibilidade aceita por muitos cientistas e até astrônomos.

imageGrandes mentes como Stephen Hawking não descartam esta possibilidade. Veja, ele não afirma a existência de outras civilizações, ele apenas não descarta a possibilidade.

E nem por isso Stephen Hawking é ufólogo.

A palavra ACREDITAR remete a uma crença na possibilidade da existência de algo e não é uma afirmação da existência da mesma.

Quando colocamos por exemplo que, ser ufólogo é acreditar em vida extraterrestre, de imediato coloca a UFOLOGIA no patamar das crenças e todo e qualquer esforço de colocar um estudo sério e objetivo na busca de respostas é jogada fora.

Isso porque se basear em crenças tudo pode ser resposta, mesmo que sem evidências e qual o valor disto?

Crer apenas por crer e ser independente de respostas, fatos ou evidências, não tem o menor valor e neste ponto podemos dizer que não se passa de UFOLATRIA.

Este tipo de pensamento denigre a imagem de quem pensa de forma concreta em buscar uma resposta para os fenômenos Aero Espaciais e até mesmo para a resposta mais importante da humanidade.

Estamos sós?

Estas respostas somente virão através de pesquisas sérias e pesquisas sérias não podem e não devem ter a intromissão de crenças.

Um pesquisador sério abandona suas crenças porque busca respostas sérias e verdadeiras e uma resposta séria e verdadeira pode ser contrária à aquela que se acredita.

Se um pesquisador coloca suas crenças em suas pesquisas a primeira coisa que acontece é a INVALIDADE da mesma pois a influência de crenças interferem diretamente no resultado.

Um pesquisador sério aceitará uma resposta contrária não porque ele é um pesquisador, mas porque aquela resposta põe fim as suas perguntas e conclui a pesquisa e a busca.

Quando vejo pessoas criticando céticos da ufologia, realmente eu fico entristecido, pois neste instante já percebo que este não é um pesquisador sério.

Um verdadeiro Ufólogo, já que este é o tema, deve ser em primeiro lugar cético, assim suas crenças não irão interferir em suas pesquisas e em seus possíveis resultados.

Não podemos e nem devemos buscar resultados apenas naquilo que acreditamos, se assim for, o estudo NUNCA terá uma resposta verdadeira e jamais se chegará a uma conclusão por ser apenas uma questão de fé e crença.

Quem busca responder uma crença, terá a resposta dentro da crença e isso significa não ter fatos que possam corroborar com suas ideias além dos fatos de sua crença.

Ver uma imagem desenhada em tábuas e tirar a conclusão, por exemplo, que são sinais de civilizações extraterrestres, sem nenhum embasamento ou fatos que corroborem com tal afirmação é apenas suposição e uma questão de crença.

Dentro de meu entendimento e de minha concepção de trabalho sério, não vejo a ufologia CRENÇA com bons olhos já que ela não tem base sólida além da crença.

É preciso descartar todas as possibilidades para que uma coisa seja considerada relevante, caso contrário, um estudo ou pesquisa jamais poderá ser séria de fato.

E todos aqueles que coloquem a seriedade em suas pesquisas, de forma realmente relevante, irá pesquisar de forma cética, mesmo que acredite na possibilidade de civilizações extraterrestres, mas ele deixará suas crenças de lado na busca de uma resposta.

Caso contrário, toda pesquisa deixa de ser realista e passa a ser somente especulação baseada em crença, ou seja, UFOLATRIA e nada mais.

 

CANECA 3
VISITE NOSSA LOJA

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *