Olá amigos, mais uma vez afastado por um breve tempo, mas volto aqui para postar novamente.

Hoje eu gostaria de tratar de um tema relacionado a fotografia, sou profissional de fotografia, afastado das atividades por algum tempo, mas ainda voltado para a área de imagens e afins.

Mas não importa minha profissão atual, quero falar da minha profissão de coração e que pretendo voltar a exercê-la em algum tempo.

A fotografia é uma arte interessante pois ela tem a capacidade de capturar um momento e congelá-lo no tempo. Momentos estes que não existem formas de recuperá-los a não ser através de fotografias.

image

Uma arte antiga e antes mesmo da fotografia existir a arte de capturar u momento já existia e belas imagens e pinturas ainda podem ser vistas, expressando a visão de um artista. Assim é a fotografia, ela expressa a visão do artista fotográfico.

Muitos acreditam que fotografar é apertar um botão e “OK”, a foto fica boa dependendo da máquina, porém não é isso não!

A fotografia boa é aquela que o fotografo, amador ou profissa, conhece seu equipamento e faz dele uma ferramenta para capturar a sua visão do que deseja registrar.

 

Duas pessoas podem fotografar o mesmo local, mas isso não significa que as duas fotos passarão para quem as ver a mesma informação, elas transmitirão o que o artista estava vendo, imaginando e mostrando.

Muitas vezes uma fotografia não irá expressar nada, ou será tão confusa que não conseguirá transmitir o que realmente o artista gostaria de mostrar. Então, isso mostra que o que realmente importa é o fotografo e não a máquina.

Apenas recursos e até certo ponto a qualidade pode ser significativo em modelos de máquinas, mas boas fotos não necessitam de mais nada que uma boa visão.

Eu pretendo com este post iniciar aqui uma série de postagens relacionados a fotografias, pretendo colocar uma postagem por semana, mostrando algumas dicas de fotografias, edição e outros temas sempre voltados para esta arte.

Hoje quero dizer algumas palavras sobre o tema, RESTAURAÇÃO FOTOGRÁFICA.

image         image

A restauração de fotografias é um recurso muito procurado hoje em dia, fotos danificadas pelo tempo, por ação da natureza ou mesmo por má conservação acabam precisando passar por este processo de restaura

ção.

Porém, uma prática comum, é ver a restauração através de programas como o Photoshop, não é uma prática errada e eu utilizo muito, principalmente nos últimos 16 anos, mas esta técnica não é uma restauração e sim uma reconstrução digital.

Fácil explicar!

Uma restauração é pegar uma peça antiga danificada, uma obra de arte ou fotografia desgastada e, através de técnicas especiais, trazer de volta a vida. Ou seja, restaurar nada mais é que concertar o que estava estragado, desgastado, rasgado ou envelhecido em sua forma próxima quando ela foi feita.

Já a arte fotográfica de reconstrução fotográfica é fazer uma cópia da imagem de forma digital, e com ela executar uma reconstrução do que estava rasgado, envelhecido ou destruído. Mas a original continua da mesma forma, não foi restaurada.

Um processo de restauração é muito mais complicado e demanda técnicas especiais e conhecimento profundo destas técnicas.

A reconstrução fotográfica, não fica muito atrás, também necessita de conhecimentos em fotografia, conhecimento em luz e cor e, principalmente, conhecimento do software de edição e manipulação de imagem.

Hoje o mais utilizado é o Photoshop, da Adobe (sem “merchan”), e sem conhecer seus recursos e como utilizá-los, a pessoa “restauradora” não sairá do pincel de carimbo. Por isso é necessário conhecer os recursos que ele oferece, mas além disto também ter conhecimentos em fotografia, luz e cor, pois será necessário para aplicar uma boa reconstrução a fotografia.

Como o termo se popularizou e você não vai encontrar nada relacionado a recituistrução fotográ, a e não é errado usar o termo restauração, mesmo que ele não expresse o real significado. Então, daqui para frente, usarei o termo restaurar para designar a arte de reconstrução digital de uma fotograf

ia.

Muitos hoje, se consideram profissionais nesta área fotográfica assistindo a um vídeo tutorial e se aventuram a fazer trabalhos profissionais e o desfecho destas tentativas aventureiras são bem conheci

dadas.

image

image

 

Então, antes de sair gritando que é um profissional, se especialize, treine e estude o assunto. A fotografia é algo que está ao alcance de todos aqueles que desejam e não é tão complicada como par

ece.

O profissional tem que ser um pouco ou bastante artista.

É uma arte reconstruir uma fotografia ou restaura-la e isso merece um pouco/bastante estudo, paciência e dedicação.

Existem fotos, por exemplo, que são verdadeiros desafios aos fotógrafos, mas vele a pena no final. Uma foto restaurada ou reconstituída nada mais é que a recuperação de algo que o tempo não trará de volta.

Preservar certos aspectos da obra original também é fundamental, uma foto restaurada, antiga por exemplo, ela deve manter sua história e para isso, a preservação de detalhes que expressam a originalidade não deve ser alterada.

Isso se refere a detalhes como moveis, tecidos e detalhes de fundo, como paisagens e locais. Mas não apenas a isso, também devemos levar em conta cores da fotografia (em caso de fotos coloridas ou coloridas artificialmente).

Fotos antigas, coloridas artificialmente, possuem um padrão de cor peculiar a época em que foram feitas, elas eram coloridas com maquiagem na maioria das vezes ou até mesmo com cera colorida. Isso dá a fotografia um aspecto próprio de seu tempo, algo difícil de se reproduzir hoje em dia, então há a necessidade de manter o mais próximo possível.

Outro fator importante é a cor envelhecida, existem casos em que preservar a cor é importante, assim mantém seu valor histórico, porém este é um fator de estudo e conversas com o cliente, afinal, ele que decide.

Mas uma coisa é importante, fotos mais recentes que aquelas do velho oeste, as primeiras que utilizavam cores químicas, com o tempo costumam amarelar ou tomar um tom magenta, estas cores são importantes corrigi-las e não é complicado com as ferramentas disponíveis hoje.

E para finalizar, colorir ou não uma fotografia…

Complicado, primeiro porque as cores ficam sempre muito artificiais, então, a menos que seja exigido pelo cliente, ou que se faça necessário, não colorize!

É fácil entender o porquê disto: quando colorimos uma foto antiga preto e branco, tiramos uma grande parte de sua história e ela perde o valor. E quando colorimos uma foto mais recente, tiramos a intenção do fotografo em mostrar sua visão e arte.

Além claro, de não ser profissional nem ética tal atitude.

Claro, como disse antes, a menos que haja a necessidade disto, como dar vida a certos capítulos da história ou por exigência do cliente, que deve ser sempre advertido destes fatos além das cores artificiais.

Segue abaixo um vídeo que acho interessante de uma reconstituição ou restauração digital em tempo acelerado.

Próxima postagem, falarei um pouco sobre negativos fotográficos. Uma questão preocupante de como guardar e conservar além de métodos de transformar negativos em fotografias digitais. Até lá e deixe aqui seu comentário.

Related Post

A arte de fotografar – Restaurando fotografias
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recentes

Fotografando Fantasmas com a Rapininha Olá meus amigos, esta noite eu e minha filha a Rapininha saí...
Oumuamua, o visitante interestrelar O grande amigo e parceiro do Rapinão e da Toca da Coruja, fe...
Conhecendo as Escrituras – vídeo 08 O Oitavo vídeo da série Conhecendo as Escrituras, Teologia n...
Como observar a constelação de Orion A constelação de Órion é uma das mais belas e conhecidas con...
AVISO IMPORTANTE Fala pessoal da Toca da Coruja, tudo em riba? Esta semana um...