2016-02-23_09-59-41Hoje amigos, nada de Terra Plana e sim fotografia.

Sou fotografo caso não saibam, e esta arte está no sangue, vem de família, embora não esteja exercendo a profissão, mas continuo fotografando em horas vagas.

Não vou fazer nenhum curso de fotografia, não penso em vender cursos ou fazer aulas de fotografia. pelo menos não me passa isto pela cabeça, embora não´possa afirmar que desta água não beberei.

Porem, dicas de fotografia, ah sim, estas eu adoro fazer.

Depois do advento das câmeras digitais, parece que ficou mais fácil fotografar e quase todo mundo descobriu o fotografo dentro de si. Mas existe uma enorme diferença entre fotografar e apontar e clicar.

Mesmo que sua câmera seja simples ou uma câmera de celular, isto não significa que suas fotos tenha que ser ruins, basta entender a composição do que quer que as outras pessoas vejam. Saber que a Luz é sua amiga na fotografia, mas também pode ser sua inimiga.

Vou apenas tratar de fotos externas, ao ar livre e não de estúdios, isto porque as dicas que quero passar são para pessoas que querem fotografar, independente da câmera que possuem.

Sim, porque devemos entender que a câmera não faz a foto ficar melhor ou pior, ela pode melhorar a qualidade da imagem, em pixels ou claridade de lente,mas deixar uma foto boa ou não, depende de seus olhos.

Não adianta ter a melhor câmera do mundo se não souber compor uma foto, ou manusear o equipamento. A foto sairá ruim de qualquer maneira.

Então hoje a primeira dica é, entenda seu equipamento, compreenda o que ele oferece em recursos fotográficos, aprenda a usar o modo manual se ele oferecer e no caso de não oferecer, utilize dos recursos que oferece.

Mas entenda seu equipamento, ele pode proporcionar grandes fotos mesmo com recursos limitados.

Vou dar alguns exemplos:

2016-02-23_09-56-33

Esta foto feita em Marabá no Pará no ano de 2002/2003 utilizando uma Olympus de 2 Mbps.

A qualidade da imagem se deve aos poucos pixels oferecido por um dos primeiros modelos digitais de câmera, porém o enquadramento e a utilização de regras (mais ou menos), deixa a foto agradável e dá a sensação de movimento.

Não é o assunto de hoje as regras, então não vou entrar neste assunto ainda. Mas para ilustrar o que quero dizer veja:

2016-02-23_09-56-332

Aqui foi utilizada á regra de ouro ou linhas douradas ou das proporções douradas. Neste caso o horizonte na mesma altura da linha inferior dando a perspectiva de movimento.

Perspectiva bem encaixada dá sempre uma boa sensação fotográfica.

2016-02-23_09-57-03

Foto feita com um celular, gosto desta foto porque foi capturado um momento sem aviso.

Uma foto simples, mas dentro de padrões  de enquadramento.

Sem espaços vazios, que mostra um cenário legal, as flores, a criança como motivo principal da foto.

Interessante nesta imagem é que mesmo em um momento aonde não foi comunicado que a foto seria feita, a modelo sujinha, pensativa em contraste com as flores, consegue transmitir a ideia e visão do fotografo.

A fotografia nada mais é que a visão do fotografo. É o registro daquilo que o fotografo esta vendo, o que a imagem lhe causou e transmitiu.

Pensem nisto, o que você deseja transmitir? O que você está sentindo ao ver o seu objeto a ser fotografado. E imagine como transmitir aos outros este sentimento e emoção sem que seja necessário falar.

Assim é a fotografia e a minha dica para ir aprendendo como compor uma foto. Tente transmitir o que você está sentindo através da imagem e seus componentes na foto.

2016-02-23_10-00-56

Captura de um momento que por sorte estava com a câmera em mãos.

Existem momentos que é necessário pensamento rápido em compor para não perder o tempo certo da foto. Um segundo a mais e o beija-flor poderia ter ido embora.

Esta foto foi feita com uma câmera com recursos  semi-manual com recursos de zoom.

2016-02-23_09-59-00

Golden Hour ou hora dourada!

Uma das luzes mais belas para se fotografar e conseguir efeitos maravilhosos de iluminação. Horário que costuma acontecer no fim da tarde ou no inicio da manhã.

Esta câmera é uma câmera DSLR.

A vantagem aqui da DSLR está na qualidade da lente e dos controles manuais totais.

Porém a ideia aqui desta postagem foi mostrar que o mais importante é conhecer os recursos de sua câmera e aprender a observar o quadro e dele criar uma composição fotográfica.

Uma câmera que não possui recursos manuais para aproveitar a iluminação de um por do sol, por exemplo, ela tem recursos automáticos que regulam a câmera para pegar mais os tons dourados e vermelhos do por do sol. Utilizando destes recursos e depois num processo de pós edição, pode-se obter resultados bem semelhantes a estes desta última fotografia.

Existem centenas de vídeos no You Tube, ou milhares, que ensinam maneiras e formas de compor uma fotografia. Somente treinado, então mãos a obras, peguem seus celulares, câmeras compactas ou suas DSLR e saiam fotografando e envie para nós.

Dúvidas deixe nos comentários.

Related Post

Falando de fotografia
Classificado como:                                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recentes

Como observar a constelação de Orion A constelação de Órion é uma das mais belas e conhecidas con...
AVISO IMPORTANTE Fala pessoal da Toca da Coruja, tudo em riba? Esta semana um...
Terra de ninguém (a internet dos malucos) Quem conta um conto, aumenta um ponto   Olá amigos do ...